sexta-feira, 2 de março de 2012

Eu gosto...

Vincent van Gogh. Um Par de Sapatos, 1886. Óleo em tela. 14.75" x 18"

"Eu gosto de andar pela rua e bater papo, de lua e de amigo engraçado
Eu gosto mais de bicho com asa, mais de ficar em casa e mais de tênis usado
Eu gosto do volume, do perfume, do ciúme, do desvelo e de abraço apertado
Eu gosto de artistas diversos, de crianças de berço e do som do atchim
Tem gente, muita gente que eu gosto, que eu quase aposto que não gosta de mim

Eu gosto de olhar para frente, de amar para sempre o que fica pra trás
Eu gosto de quem sempre acredita, a violência é maldita e já foi longe demais
Eu gosto de inventar melodia, da palavra poesia e da palavra com til
Eu gosto é de beijo na boca, de cantora bem rouca e de morar no Brasil

Eu gosto assim de quem é eterno e de quem é moderno e de quem não quer ser
Eu gosto de varar madrugada, de quem conta piada e não consegue entender
Eu gosto de quem quer dar ajuda e acredita que muda o que não anda legal
Eu gosto de ver coisa rara a verdade na cara é do que gosto mais
Eu gosto porque assim vale a pena, a nossa vida é pequena e tá guardada em cristais
Eu gosto é que Deus cante em tudo e que não fique mudo morto em mil catedrais"

Oswaldo Montenegro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa sobre esse escrito?